Login:     Senha:   [ok]       


 

Falando de Amor


História cadastrada em 12/09/2008
Mesmo que eu fale em línguas,
a dos homens e a dos anjos,
se me falta o amor, sou um metal que ressoa,
um címbalo retumbante.
Mesmo que tenha o dom da profecia,
o saber de todos os mistérios e de todo o conhecimento,
mesmo que tenha a fé mais total,
a que transporta montanhas,
se me falta o amor,
nada sou.

Mesmo que distribua todos os meus bens aos famintos,
mesmo que entregue o meu corpo às chamas,
se me falta o amor,
nada lucro com isso.

O amor tem paciência,
o amor é serviçal,
não é ciumento ,
não se pavoneia,
não se incha de orgulho,
nada faz de inconveniente,
não procura o próprio interesse,
não se irrita,
não guarda rancor,
não se regozija com a injustiça,
mas encontra a sua alegria na verdade.

Ele tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca desaparece.

As profecias? Serão abolidas.

As línguas? Acabar-se-ão.

O conhecimento? Será abolido.

Pois o nosso conhecimento é limitado e limitada a nossa profecia.

Mas quando vier a perfeição,
o que é limitado será abolido.
Quando eu era criança,
falava como criança,
pensava como criança,
raciocinava como criança.

Quando me tornei homem,
pus cobro ao que era próprio da criança.

Agora, vemos em espelho e de modo confuso mas então, será face a face.

Agora, o meu conhecimento é limitado;
então, conhecerei como sou conhecido.

Agora, portanto, permanecem estas três coisas,
a fé, a esperança e o amor,
mas o amor é o maior.

Autor: [ Autor Desconhecido ]

Esta história teve um total de 2120 visitas
Última visita em 20 de Abril de 2014 às 06:15:33


Avaliação desta história (#84) (Vote clicando em uma estrela)
8 voto(s) (8.13)


› Recomende esta História:

Seu Nome:
Seu Email:
Nome do seu amigo:
Email do seu amigo:

Mensagem:
O link da história já aparecerá no e-mail
 
Histórias Top 5
- A Arte de Ser Feliz
- Janela
- Felicidade
- Cães Professores
- Último Folheto
Usuários Top 5
ELVISPRESLEY
ESTERMOREIRA
MARIANABAYRON
ELIETEAVILAH
NIVALDODUARTE
Conte Sua História
- Home
- Novas Histórias
- Sugerir Categoria
- Fale Conosco

- Login
- Cadastre-se
- Envie sua História



© Todos os direitos reservados. Conte sua História 2014. Política de privacidade | Termos de uso